Esqueceu sua senha? | Cadastre-se

Petróleo é negociado em baixa ante preocupação com demanda

01/10/2019

O preço do petróleo cai nesta jornada nos mercados internacionais, com os investidores atentos a desdobramentos do caso Estados Unidos-China em relação ao comércio. Sem uma saída à vista para a disputa que ameaça o crescimento econômico global e a demanda pela commodity, além da reparação das refinarias sauditas atacadas em meados de setembro, os contratos para novembro do Brent, a referência global, cediam 1,42% perto de 11h30, a US$ 61,03 o barril, enquanto os futuros para o mesmo mês do WTI, referência americana, recuavam 1,20%, a US$ 55,24 o barril.

"A disputa comercial entre EUA e China é o fator mais importante da queda de preços já que reduz as projeções de crescimento global, pressionando a demanda de energia para baixo”, escreveu em nota o analista da Oanda, Alfonso Esparza.

Na última sexta-feira, a agência Bloomberg informou que os EUA consideram criar restrições a investimentos americanos para a China, além de “deslistar” empresas chinesas nas bolsas americanas, o que aumentou os receios de que as negociações de alto escalão marcadas para 10 e 11 de outubro podem fracassar novamente. No fim de semana, uma porta-voz do Departamento do Tesouro americano afirmou que a medida não está nos planos no momento, mas isso ainda não foi o suficiente para que os investidores retomem a confiança.

Fonte: Portos e Navios