Esqueceu sua senha? | Cadastre-se

UE quer “acelerar o máximo possível” negociações com Mercosul

23/06/2017

"As delegações estão muito convencidas de que é preciso dar um empurrão antes do fim de ano nestas negociações", disse o embaixador da UE

UE: "Temos a expectativa de acelerar o máximo possível esta negociação" (Francois Lenoir/Reuters)

Montevidéu – O embaixador da União Europeia (UE) no Uruguai, o espanhol Juan Fernández Trigo, disse nesta quinta-feira que há dentro do bloco “instruções muito claras para tentar acelerar o máximo possível as negociações” com o Mercosul.

“As duas delegações estão muito convencidas de que é preciso dar um empurrão antes do fim de ano nestas negociações e no seio da UE há uma certeza e instruções muito claras para tentar acelerar o máximo possível as negociações”, disse o embaixador à Agência Efe durante o segundo dia do 1º Fórum de Investimentos Europeus no Uruguai.

O diplomata espanhol explicou que no dia 3 de julho será realizada “outra rodada de negociações” e que em maio houve uma reunião de negociações entre Mercosul e UE na Argentina.

“Temos a expectativa de acelerar o máximo possível esta negociação, acredito que há um bom ambiente de trabalho, é verdade que também há muito o que fazer, já que as conversas estiveram paralisadas durante muito tempo”, comentou Fernández Trigo.

O também autor e organizador deste fórum junto com a agência de investimentos e comércio exterior Uruguai XXI insistiu no enorme “potencial” do acordo entre os dois blocos.

“Não podemos esquecer que o nível de investimento que já existe neste momento por parte da Europa no Mercosul é de aproximadamente 400 bilhões de euros. Portanto, se criamos um mercado de 750 milhões de pessoas, essa expansão poderia levar a cifras ‘importantíssimas'”, reiterou Fernández Trigo.

Além disso, o diplomata espanhol enfatizou que “a UE é responsável por 37% dos investimentos estrangeiros” na América Latina em geral e que acredita que esta cifra pode aumentar.

 

Fonte: Exame