Esqueceu sua senha? | Cadastre-se

Novas tecnologias para melhorar infraestrutura portuária.

23/08/2016

Com o objetivo de melhorar a infraestrutura portuária, a diretoria do Complexo de Suape está investindo em novas tecnologias. A exemplo disso, começou a funcionar neste mês uma Estação Metaoceanográfica, responsável pelo monitoramento do nível da água, correntes marítimas e ventos na região. A tecnologia permitirá um aumento de segurança para a navegação e a atracação, fornecendo informações em tempo real para as embarcações que chegam e saem de Suape.

Com investimento de R$ 420 mil por ano, o equipamento também permite compreender melhor a dinâmica costeira da área, que poderá subsidiar o planejamento e a execução de eventuais obras na área portuária. A estação é composta por três aparelhos: um sensor de direção e intensidade do vento, um marégrafo que funciona como radar, e um perfilador acústico de correntes, conhecido como ADCP, que mede intensidade e direção de correntes em três diferentes níveis (superfície, meio e fundo).

Outro equipamento cuja instalação no complexo está prevista para acontecer ainda neste mês é o Ondógrafo, equipamento que mede altura e período de ondas, e ficará instalado na área de fundeio, gerando dados mais precisos para as embarcações que chegam a Suape. Todos os equipamentos são feitos com material que não agride o meio ambiente e garantem mais segurança para as embarcações, além de servir como banco de dados que pode ser acessado pelo público em geral em link hospedado no site oficial do porto.

Fonte: Guia Marítimo.