Esqueceu sua senha? | Cadastre-se

Qual a importância da multimodalidade?

20/06/2016

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) realizou essa semana o “Seminário de Transporte Multimodal – Experiências e Desafios do Brasil e União Europeia”. O objetivo do evento foi debater o transporte multimodal no Brasil e compartilhar as experiências e os desafios dos países que integram a União Europeia.

Já na abertura o Diretor-Geral da agência, Jorge Bastos, destacou a importância do transporte multimodal para o desenvolvimento do Brasil. Segundo o representante do Ministério do Planejamento, Luiz Felipe Monteiro, esse seminário é parte de um projeto “Diálogos Setoriais – União Europeia Brasil “, coordenado pelo Ministério do Planejamento, que teve início em 2008, e visa promover a integração, a articulação e a troca de experiência em áreas de interesse mútuo, entre a União Europeia e o Brasil e, em paralelo, dar apoio às agências reguladoras brasileiras envolvidas com o assunto, como é o caso da ANTT e da ANTAQ.

Para o Ministro Conselheiro da União Europeia, Augusto Albuquerque, o transporte multimodal não é um problema só do Brasil, “mas sim um problema mundial e que o desafio enfrentado na União Europeia para a integração multimodal foi o de como fazer mais e melhor, com menos recursos e serviços mais eficientes”.

O diretor-geral substituto da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Fernando Fonseca destacou que a agência já trabalha seus projetos com foco na multimodalidade e que esse é um fator importante para dinamizar o escoamento da produção nacional. Sem esquecer de ressaltar que isso só será possível por meio de uma matriz de transporte integrada. “Vamos aproveitar a troca de experiência com a União Europeia e trabalhar cada vez mais no conceito sistêmico e sinérgico para promover o transporte multimodal no Brasil”, completou.

Fonte: Guia Marítimo.